domingo, 13 de setembro de 2015




NOVOS VOOS


Esta é uma semana que pode trazer novidades em relação a filiações partidárias, considerando-se que dentro de vinte dias termina o prazo para que se inscreva quem pretender disputar cargo eletivo em outubro de 2016. Novidades que poderão vir principalmente da Câmara Municipal, pois nem todos os vereadores (todos concorrerão a um novo mandato) consideram-se confortáveis nas legendas em que se encontram. Fora de cogitação para mudanças as bancadas do PT e do PMDB.

Nos que têm o comando de mais de um partido, como o deputado Isauro Calais, do PMN, é que residem as principais expectativas de mudanças, isto é, remanejamentos de nomes para facilitar a formação das chapas de vereadores.

Alguma expectativa também na faixa dos nomes cogitados para a prefeitura, além da decisão de João Vitor, ex-secretário no governo Tarcísio Delgado, de se filiar ao PRB, onde seria opção para a principal legenda dos evangélicos. Também com 20 dias para se definir partidariamente, e como possível candidato, o ex-reitor da UFJF, Henrique Duque. O PMN filiou o juiz aposentado José Armando da Silveira, mas nem ele nem seu partido disseram que se trata da sinalização de uma possível candidatura.

Passou o fim de semana em Juiz de Fora o deputado Lafayette Andrada, que representa a oposição ao atual comando do PSDB em Juiz de Fora. Está conversando muito sobre política. Não quer permitir que o partido entre em 2016 sem candidato próprio. É ele próprio uma opção.

  

CINEMA


Começa nesta segunda-feira o Circuito Universitário de Cinema, no auditório da OAB, na Avenida dos Andradas, mas com uma programação que se estenderá até o dia 24. A iniciativa é da Ordem e da Faculdade Doctum, que às 19h estará exibindo o filme Yoani, incluindo, após a exibição, um debate sobre a obra, com a participação de Deo Campos e Wagner Parrot. Toda a programação estará aberta ao público.



SINISTRO


Estudo elaborado por órgãos oficiais de finanças dos Estados Unidos, que em geral trabalham para o Departamento de Estado, revela que a corrupção que está sendo apurada na Petrobras constitui o maior escândalo dos tempos republicanos em todo o mundo. Mais um recorde indesejável.



CARNAVAL


Se se tomar por base o volume das mensagens de internautas, o cancelamento do desfile das escolas de samba no carnaval ganhou ampla aprovação. O cancelamento foi decidido pelas entidades carnavalescas diante do que consideram ajuda insuficiente da prefeitura.


A opinião pública entendeu que os tempos andam ruins e os cofres da prefeitura quase franciscanos. E as coisas podem estar piores no carnaval. 



2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Prezado
    Amigo Wilson Cid

    O Senhor João Vitor Garcia não e e nunca foi a opção de candidatura a Prefeitura pelo seguimento dos Evangélicos de nossa Cidade, eu penso que seja pouco provável ele nos representar em nossa cidade mesmo porque ele não conhece nem uma linha da nossa ideológica. Mesmo porque os evangélicos não tem memoria curta, os evangélicos de nossa cidade possuem nomes mais atrativos e mais condescendentes com a nossa forma de pensar e agir.

    ResponderExcluir